Dupla Grenal


Em noite de Libertadores, Inter perde para Universidad Católica, mas garante classificação para as oitavas

O Inter apostou em um posicionamento diferente, Coudet alterou a formação com Nonato mais recuado.
23/10/2020 O Sul

Com Thiago Galhardo no banco e D’Alessandro titular no time colorado, o Inter de Eduardo Coudet entrou em campo na noite desta quinta-feira (22) em busca da classificação para as oitavas da Libertadores. Em 2° lugar no grupo E, o colorado também desejava a liderança.

O bola começou a rolar e o dois times tentando se conhecer, as duas equipes apostando no contra ataque, e aos 4 minutos o  Universidad Católica teve seu primeira chance, Pinares chutou cruzado. Zampedri se atirou e tocou, mas não conseguiu colocar a direção na bola.

O Inter apostou em um posicionamento diferente, Coudet alterou a formação com Nonato mais recuado. Um 4-2-3-1, com D’Alessandro como meia central. Sem a bola, Inter se armou no 4-4-2. D’Ale e Yuri ficam mais adiantados. Pottker (direita) e Peglow (esquerda) fecharam a segunda linha. E com isso, tentava trocar passes mas a Universidad Católica ia bloqueando a àrea.

E aos 17, o Inter conseguiu montar sua primeira chance perigosa, Yuri recuperou a bola e acionou  D’Alessandro, que chutou forte. Dituro salvou a Católica. Sem dar tempo para se lamentar Pinares recebeu em frente à área, dominou e soltou a bomba. A bola explodiu no travessão. O Inter se salvou.

Mas foi nos minutos seguintes que o Inter se viu à frente no placar, Pinares se chocou om Musto e fez a falta dentro da área, pênalti para o Inter! E foi o camisa 10 quem bateu, D’Alessandro cobrou no canto esquerdo de Dituro, que caiu para o lado direito, 1×0 para o Inter no placar. Porém, novamente a resposta foi imediata, Musto errou ao ser pressionado por Fuenzalida e Lescano. Zampedri aproveitou, avançou com a bola e chutou, Cuesta se atirou, desviou e a bola encobriu Lomba.

Após uma reta final sem sustos, o primeiro tempo ia se encerrando em 1×1.

Ao apitar o segundo tempo o Inter veio atrás da vitória, aos 2 minutos tentou com Pottker, que tocou para Nonato, que se atrapalhou, cai e mandou a bola direto pela linha de fundo.

Aos 13, primeira boa chance do colorado, Rodinei recebeu na direita e soltou a bomba. Dituro fez uma grande defesa evitando o gol do Inter. Coudet tentava dar intensidade e agressividade ao Inter com a saída de Peglow e Pottker. Com a entrada de Edenílson e Marcos Guilherme por dentro, Nonato passou a atuar aberto pela esquerda.

Aos 28 minutos, uma perda inacreditável! Yuri aproveitou a confusão da zaga, driblou Dituro e chutou. Huerta tirou em cima da linha. Em resposta, a Católica foi ao ataque! Pinares errou o chute, a bola bateu em Zampedri. Lomba segurou.

Mais uma chance quando o relógio ia marcando 31 minutos, Edenilson avançou para o campo de ataque, esperou Yuri passar e tocou. O atacante demoro e chutou, mas o jogador Parot, da Católica, travou.

E ao apagar das luzes, nos 43 minutos, gol da Universidad Católica! Cuesta tentou proteger, caiu. Puch cruzou, Moledo cortou. Mas Zampedri não desistiu, deu uma bicicleta e mandou para o fundo das redes.

E o jogo foi se encerrando e o placar se manteve. Mesmo com a derrota, o Inter se classificou para as oitavas de final.

Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

angela noticias Nacional Utilidades noticias

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS