Obituário


Jornalista e escritor gaúcho Walter Galvani morre aos 87 anos

Galvani foi patrono da 49ª Feira do Livro de Porto Alegre
30/06/2021 O Sul

O jornalista, escritor e professor gaúcho Walter Galvani morreu na madrugada desta terça-feira (29), aos 87 anos, vítima de uma parada cardíaca no Hospital Mãe de Deus, em Porto Alegre, onde estava internado.

Natural de Canoas, em 1999, Galvani foi eleito para a cadeira de número 25 da Academia Rio-Grandense de Letras. Em 2003, ele foi patrono da 49ª Feira do Livro de Porto Alegre.

Galvani começou na literatura com o livro “Brasil por linhas tortas”, em 1970. Entre as obras que lançou, estão: “Informação ou morte” (1972), “Andanças e contradanças” (1974), “A noite do Quebra-Quebra” (1993), “Um século de poder – os bastidores da Caldas Júnior” (1994), “Olha a Folha – amor, traição e morte de um jornal” Editora Sulina, 1996), “Nau Capitânia – Pedro Álvares Cabral, como e com quem começamos” (1999).

Ele estreou no jornalismo em sua terra natal, ajudando a fundar o jornal Expressão em agosto de 1954.

Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

nacional gas telefone 2

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS