Agricultura


Confira a situação atual do milho na Região Sul do Brasil

A semeadura de milho se intensifica no estado do Rio Grande do Sul
10/09/2021 AGROLINK - Leonardo Gottems

A semeadura de milho se intensifica no estado do Rio Grande do Sul, que tem o mercado lento com indicações caindo, de acordo com informações que foram divulgadas pela TF Agroeconômica. “Na regional de Santa Rosa, por exemplo, já são 90 mil hectares plantados. O preço médio ao produtor do cereal, contudo, segundo o órgão, vem fechando a semana a R$ 87,96, contra R$ 90,28 da semana anterior. Mais um dia, sem reporte de negócios. Indicações de compra caíram para R$ 92,00 CIF Marau, R$ 93,00 CIF Arroio do Meio, R$ 92,00 Ijuí, R$ 92,00 Santa Rosa. Safra nova indicava R$ 77,00 no porto para março, R$ 89,00 CIF Marau para janeiro. Preços de pedra caíram para R$ 87,00 em Panambi”, comenta. 

Em Santa Catarina a chuva volta e há possibilidade de geada, com indicações em queda de até R$ 5,00/saca. “O sol apareceu entre muitas nuvens e a chuva voltou na  região  do  Vale  do  Itajaí  e  litoral  norte  de  Santa Catarina nesta  quinta-feira (09).  A chuva perde  força no fim  da semana  e  o ar  seco  de origem polar entra sobre  a  Região Sul do Brasil,  provocando  queda  de temperatura”, completa. 

O Paraná tem dificuldade na logística do milho diante das manifestações e negócios no Oeste a R$ 94,00. “No Oeste, negócios em cerca de 500 toneladas foram vistas a R$ 94,00 a saca, com pagamento em 30 dias. Rumores  de  que  pelo  menos  mais  2  mil  toneladas tenham sido negociadas nestas condições na região. No geral, comercialização lenta, e indicações de até R$ 95,00, com compradores a R$ 100,00. No porto, muitas tradings estiveram fora de negociação, e o preço médio foi de R$ 72,95 a saca”, indica. 

Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

nacional gas telefone 2

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS