Política


Bolsonaro diz que a variante ômicron pode sinalizar o fim da pandemia

Presidente voltou a criticar também os governadores por medidas de isolamento social
12/01/2022 O Sul

O presidente Jair Bolsonaro sugeriu nesta quarta-feira (12), que a variante Ômicron do coronavírus pode sinalizar o fim da pandemia. Dados apontam que a nova cepa do coronavírus tem causado menos mortes do que em outras ondas da crise sanitária, diante do cenário de vacinação mais alta, mas a OMS (Organização Mundial da Saúde) alertou que ainda é cedo para tratar a Covid-19 como uma doença endêmica.


“A Ômicron, que já espalhou pelo mundo todo, como as próprias pessoas que entendem de verdade dizem, ela tem uma capacidade de se difundir muito grande, mas de letalidade muito pequena”, afirmou o chefe do Executivo, em entrevista ao site Gazeta Brasil, que o apoia.


“Dizem até que seria um vírus vacinal. Algumas pessoas estudiosas e sérias e não vinculadas a farmacêuticas dizem que a Ômicron é bem-vinda e pode sim sinalizar o fim da pandemia”, acrescentou.


O presidente havia afirmado também que haverá “caos” e “rebelião” se o País decretar lockdown neste ano por causa da piora da crise sanitária, diante do espalhamento da Ômicron.


“O Brasil não resiste a um novo lockdown. Será o caos. Será uma rebelião, uma explosão de ações onde grupos vão defender o seu direito à sobrevivência. Não teremos Forças Armadas suficientes para a garantia da lei e da ordem”, disse Bolsonaro, após criticar os governantes estaduais.



Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

nacional gas telefone 2Aline Rosiakbrechoeletrica tyskadj ar

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS