Geral


Tsunami atinge Tonga e a Samoa Americana após erupção de vulcão submarino no Oceano Pacífico

Ilhas do Pacífico emitiram alertas e pediram para moradores buscarem áreas mais altas
15/01/2022 O Sul

A erupção de um vulcão submarino causou um tsunami em Tonga e na Samoa Americana, no Oceano Pacífico, neste sábado (15). A capital tonganesa, Nuku’alofa, teve partes inundadas por ondas que chegaram a 1,2 metro. Imagens nas redes sociais mostram casas e edifícios situados em frente à praia sendo invadidos pela água. Toda a zona costeira ficou inundada rapidamente.


O tsunami ocorreu após o Hunga-Tonga-Hunga-Ha’apai ter entrado em erupção. O vulcão fica a cerca de 65 km ao norte da capital tonganesa. Um alerta para todo o país foi emitido pelo Serviço Meterológico de Tonga, neste de sábado.


Vídeos publicados nas redes sociais mostram tonganeses fugindo das ondas do tsunami. Em um deles, filmado de um veículo em marcha à ré, registra o momento em que uma onda quebra uma cerca enquanto outros motoristas tentam escapar da força da água.


Também há imagens que mostram casas sendo tomadas pela força da água. E um vídeo que registra quando uma onda entra dentro de uma igreja. Enquanto a água invade o templo, por entre os bancos, é possível ver algumas pessoas em cima do altar.


Moradores de Tonga também gravaram vídeos após a erupção, nos quais mostram como o céu ficou escuro com a nuvem de fumaça emitida pelo vulcão.


Explosões, trovões e relâmpagos


Ainda na sexta-feira, cientistas já haviam observado explosões maciças, trovões e relâmpagos perto do vulcão. A principal explosão ocorreu por volta das 18h30 deste sábado, no horário local. Imagens de satélite registraram o Hunga-Tonga-Hunga-Ha’apai entrando em erupção.


Um serviço privado de meteorologia da Nova Zelândia captou imagem infravermelha por meio de um satélite no instante que teve início da atividade vulcânica. Elas mostram como o céu claro deu lugar a uma nuvem gigante de fumaça sobre em Tonga.


Nova Zelândia, Fiji e Samoa Americana também sentiram o impacto da erupção vulcânica. A imprensa neozalandeza relatou que foi possível ouvir o estrondo da erupção vulcânica no país, que fica a mais de 2.300 km de distância.


Em Fiji, situada a 800 km de distância, as autoridades locais informaram que a erupção de oito minutos foi tão forte que “sons altos de trovão” puderam ser escutados.


Alertas de tsunami também foram emitidos nesses locais. Na Nova Zelândia as autoridades alertaram para as tempestades decorrentes da erupção. Fiji pediu para os moradores evitarem as zonas costeiras “devido às fortes correntes e ondas perigosas”.

Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

dj areletrica tyskabrechoAline Rosiaknacional gas telefone 2

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS