Política


Bolsonaro diz que o seu governo reduziu os homicídios de indígenas, assentados, sem-terra e quilombolas

"Aumentamos os investimentos na proteção de indígenas isolados em mais de 300% e na fiscalização de terras indígenas em 150%", declarou Bolsonaro
21/06/2022 O Sul

O presidente Jair Bolsonaro afirmou que os homicídios de índios, assentados, sem-terra, posseiros e quilombolas diminuíram no seu governo. Ele também disse que, na sua gestão, aumentaram os investimentos na fiscalização de terras indígenas.


“Enquanto a esquerda finge indignação e espalha mentiras para enganar inocentes, acusando meu governo de ameaçar índios, por exemplo, os dados mostram que aumentamos os investimentos na proteção de indígenas isolados em mais de 300% e na fiscalização de terras indígenas em 150%”, declarou Bolsonaro nas redes sociais na segunda-feira (20).


“Inclusive, reduzimos os homicídios de índios, assentados, sem-terra, posseiros e quilombolas, atingindo média de mortes no campo menor do que no governo do PT. A extensão da posse de arma aos fazendeiros e a entrega de mais 340 mil títulos de propriedade diminuíram invasões e conflitos”, prosseguiu o presidente.



Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

Aline Rosiakdj arnacional gas telefone 2brechoeletrica tyska

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS