Polícia


Homem é executado em sua residência em Cerro Grande do Sul

Sidinei Rosa dos Santos, popularmente conhecido como Nei, foi executado em sua casa
04/08/2022 Portal ClicR

Eram aproximadamente 5h, quando moradores da Cohab escutaram, no silêncio da madrugada, o som de um tiro. Eles acionaram a Brigada Militar que, ao atender a ocorrência, constatou que Sidinei Rosa dos Santos, de 40 anos, popularmente conhecido como Nei, havia sido executado.

Em conversa com o Portal ClicR, a irmã mais velha da vítima explicou que o portão da residência de Nei foi arrombado por dois homens que se identificaram como policiais. “Eles começaram a bater na janela e a gritar é da polícia, é da polícia, abre a porta” disse ela.

Sidnei não obedeceu ao comando, então os dois indivíduos arrombaram a porta da casa, ordenando que o homem não ligasse a luz. Eles chamaram Nei para a área da casa pedindo para que ele levantasse a mão e deitasse no chão. Em seguida, realizaram o disparo.

Após o crime, os dois indivíduos fugiram em uma caminhonete.

“Eles vieram para matar mesmo, atiraram e saíram em uma caminhonete”, afirmou a irmã. Ela não descarta a possibilidade de os criminosos serem os mesmos que atentaram contra a vida de Nei em 31 de julho de 2020.

Prisões

Em 18 de janeiro de 2018, Sidnei foi preso por tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo. Na ocasião, a Polícia Civil cumpria mandado de busca e apreensão no Bar do Nei, de propriedade de Nei, localizado no bairro Vila Nova, em Cerro Grande do Sul.

Foram apreendidos, na época, um revólver calibre .38, vinte cartuchos intactos de calibre .38, vinte e dois cartuchos de calibre 9mm, duas balanças de precisão, um cigarro de maconha, cigarros de contrabando e cerca de R$ 10 mil em espécie.

Ele já havia sido preso em 2014, indiciado por tráfico de entorpecentes, posse ilegal de arma de fogo e coação no curso do processo. Contudo, respondia em liberdade.

Tentativa de homicídio

Na noite de 31 de julho de 2020, Sidnei, na época com 38 anos, e Marcelo Baum de Oliveira, de 41 anos, foram alvejados por disparo de arma de fogo em uma possível tentativa de execução.

O caso ocorreu por volta da meia noite na localidade de Bonito, interior de Camaquã. Homens armados surpreenderam as vítimas e dispararam diversas vezes contra eles.

Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

Aline Rosiakdj areletrica tyskabrechonacional gas telefone 2

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS