Geral


Retorno de D'Alessandro traz alívio ao Inter

Meia argentino deverá comandar o time diante do CSA nesta quarta-feira
08/10/2019 Correio do Povo

Eram 33 minutos do segundo tempo do empate com o Cruzeiro quando aconteceu a notícia mais positiva para o Inter nos últimos dias. Em meio a uma profusão de desfalques e polêmicas com a arbitragem, o time teve a volta de D’Alessandro, que, recuperado após quase um mês lesionado, entrou no lugar de Nico López e deve liderar o time no jogo desta quarta-feira, contra o CSA, agendado para as 19h15min. Desde que o argentino sentiu uma lesão muscular na coxa direita durante um treinamento entre as duas partidas da final da Copa Brasil, o Inter disputou cinco jogos. Venceu um, empatou dois e perdeu dois. Um aproveitamento de apenas 33,3%. Coincidência ou não, o retorno do argentino é comemorado pelos demais jogadores colorados.

“D’Alessandro é muito importante para nós. Somos privilegiados de poder contar com ele, tanto dentro quanto fora de campo. Ele nos dá uma característica que poucos times têm, um camisa 10 clássico, que sabe prender a bola, com muita qualidade no passe. Se ele estiver à disposição, vai ser um grande ganho”, projetava Marcelo Lomba ainda antes do jogo contra o Cruzeiro.

Com uma série de problemas, a delegação colorada viajou ontem de Belo Horizonte para Maceió. Antes de embarcar, Odair Hellmann comandou um treino fechado na Cidade do Galo, na capital mineira. O técnico colorado lida com ausências de jogadores importantes em todos os setores, por isso a volta de D’Alessandro é ainda mais importante.

No ataque, Guerrero está fora, servindo à seleção peruana, assim como os lesionados Sobis e Pottker. O mais cotado para a posição é Guilherme Parede, que não é centroavante. Após jogar todo o Gre-Nal de Aspirantes ontem, Pedro Lucas deve viajar hoje para ficar no banco, assim como Tréllez. Na defesa, Moledo segue fora, e o seu substituto, Bruno Fuchs, virou desfalque para se juntar à seleção olímpica. No meio, Nonato está fora por terceiro cartão amarelo – e tem sentido dores no púbis, que o fazem “perder intensidade”, segundo Odair.

Na lateral direita, Heitor ganhará sequência. “Estou muito feliz com as oportunidades, é uma fase nova da minha vida e quero aproveitar da melhor forma”, disse o jogador de 18 anos.

Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

STATUS  noticias

PARCEIROS noticias

zetty

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

bender noticiasdentista luNacional Utilidades noticiasangela noticias zettyPARCEIROS noticiasSTATUS  noticiasmega bazar 22223

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS