Trânsito


Causas do acidente que matou empresário devem ser conhecidas em três semanas em SC

Ocorrência foi registrada no km 184 da BR 101, em Biguaçu, quando vítima conduzia uma Mercedes-Benz avaliada em mais de R$ 1 milhão
29/06/2020 Correio do Povo

O laudo pericial do acidente de trânsito que causou a morte do empresário Roberto Angeloni, de 50 anos, da conhecida rede de supermercados Angeloni, em Santa Catarina, deve ficar pronto em três semanas. Ele conduzia um automóvel importado Mercedes-Benz AMG GT C Roadster, avaliado em mais de R$ 1 milhão, que ficou desgovernado na pista logo após uma curva no km 184 da BR 101, em frente a um posto de combustíveis, em Biguaçu, na Grande Florianópolis, por volta do meio-dia desse domingo. O carro saiu da pista, atravessou um canteiro lateral e colidiu na lateral de uma Ford Ranger na via lateral antes de chocar-se contra um poste de concreto da rede de energia elétrica. O veículo ficou totalmente destruído e se partiu ao meio. Partes dele foram arremessadas à distâncias. A vítima teve óbito nas ferragens. Já uma passageira sobreviveu e foi hospitalizada.

Segundo reportagem do jornal Notícias do Dia, de Florianópolis, a Polícia Rodoviária Federal acredita que a Mercedes-Benz estava em alta velocidade. A possibilidade de ondulações no asfalto terem contribuído com o acidente não foi descartada.

Na tarde desse domingo, a PRF esteve no local e utilizou um scanner para fazer a leitura do ambiente com o objetivo de entender a dinâmica do fato através de um software. Eventuais imagens das câmeras de monitoramento na região estão sendo procuradas. Além da PRF, a concessionária Arteris Litoral Sul também foi acionada na ocorrência. Na Ford Ranger estavam cinco pessoas, sendo dois casais de amigos dos quais um encontrava-se ainda com a filha pequena. Todos ficaram feridos.

Em nota oficial de pesar, o grupo Angeloni lembrou que o empresário trabalhava na rede desde muito jovem e destacou a trajetória dele, informando ainda que atualmente ocupava o cargo de gerente de operações da rede. “Seu falecimento precoce deixa ainda imensa lacuna entre amigos e colegas, que guardam a imagem de um profissional sério e dedicado, que tinha como sonho levar o Angeloni a uma posição sempre mais destacada. A família agradece antecipadamente a todas as manifestações de pesar e solidariedade”, manifestou-se.

Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

Nacional Utilidades noticias

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS