Saúde e Bem Estar


Hospitais adotam restrições e cancelam transplantes para ampliar vagas para Covid-19 no RS

Mesmo com aumento de 74,7% no número de leitos de UTI disponíveis no estado, alguns hospitais superam 95% de ocupação. Clínicas, Santa Casa e Vila Nova, em Porto Alegre, adotam medidas extremas.
21/07/2020 Correio do Povo

Os hospitais do Rio Grande do Sul se aproximam de um esgotamento no número de leitos de terapia intensiva. Embora a estrutura tenha sido ampliada em 74,7% durante a pandemia, o aumento de hospitalizações de pacientes com Covid-19 fez com que algumas instituições adotassem medidas como o cancelamento de transplantes e limitação de cirurgias não urgentes.

De acordo com o governador Eduardo Leite, os hospitais gaúchos tinham 933 leitos de UTI em março. O sistema foi ampliado com mais 697 vagas, totalizando 1.630 leitos de UTI em julho.

O problema foi que, mesmo com o avanço na oferta, a demanda também cresceu.

“Se não tivéssemos feito a ampliação, teríamos esgotado há cerca de um mês”, estimou o governador .

Segundo Leite, em maio, o estado mantinha a taxa de ocupação de UTI adulto em 70%, dos quais cerca de 18% eram de pacientes com coronavírus. Nesta segunda-feira (20), a ocupação chegou a 77,4%, sendo que 45,3% é de pessoas com Covid-19 ou outra síndrome respiratória aguda grave.

“Não esgotamos porque houve um esforço coletivo. Mas, se continuar crescendo, não haverá ampliação suficiente para atender a todos. Por isso, a gente reforça o pedido de engajamento ao distanciamento social”, alerta o governador.

Ampliação também tem limite

A Secretaria Estadual da Saúde explica que não é possível fazer apenas a ampliação dos serviços de saúde com estrutura física e respiradores. Para o atendimento de pacientes com Covid-19, é preciso de equipes capacitadas para este tipo de atendimento e medicamentos específicos para anestesia.

O objetivo, segundo o governador Eduardo Leite, é habilitar mais 279 leitos SUS e alcançar 104% de aumento.

Neste fim de semana, o estado teve que comprar do Uruguai, por meio do Ministério da Saúde, remédios utilizados para sedação, analgesia e bloqueio neuromuscular em cirurgias e na intubação de pacientes com casos graves. Foram adquiridas 20,08 mil unidades de Propofol 10 mg (20 ml), 17,7 mil de Propofol 1% (20 ml), 1 mil de Propofol 1% ( 50 ml) e 4 mil de Priaxim, que serão repassadas a 38 hospitais.

A falta dos medicamentos do chamado kit intubação provocou bloqueio de leitos e cancelamento de atendimentos nas últimas semanas.

“A rede assistencial do estado foi toda estruturada desde o início da pandemia para que os gaúchos tenham todo o cuidado necessário para enfrentar e se recuperar da doença, mas não conseguiremos vencer o coronavírus sem esses medicamentos”, destaca a secretária Arita Bergmann.

Com ocupação acima de 95%, Clínicas suspende transplantes

Na Capital, 92,1% dos leitos de UTI estavam ocupados na tarde desta segunda. Eram 269 pacientes com Covid-19 e mais 41 suspeitos. Há um mês, por exemplo, havia 91 pacientes, o que representa um crescimento de 195%.

O Hospital de Clínicas de Porto Alegre (HCPA), principal referência do atendimento à Covid-19 no estado, mantém uma média de ocupação do Centro de Tratamento Intensivo (CTI) entre 95% e 98%. Nesta segunda, o CTI-Covid tinha 91 pacientes para 93 leitos.

Isto implica, segundo a direção do HCPA, na impossibilidade de receber novos casos, pois é preciso que estejam disponíveis leitos para urgências de pacientes que já estão internados.

Ao mesmo tempo, estavam cadastrados 41 pedidos por leitos de CTI-Covid no Sistema de Gerenciamento de Internações (Gerint). Com isso, a admissão de pacientes de outros hospitais da rede é impossibilitada, o que agrava a condição clínica deles.

Considerando este contexto, o HCPA passou ao nível de contingência 4 do Plano de Contingência Coronavírus. Isto representa o fechamento de mais salas no Bloco Cirúrgico e Centro Cirúrgico Ambulatorial, limite de cirurgias e procedimentos por dia, mesmo que essenciais, suspensão de todos os transplantes não urgentes, convocação do corpo clínico para atuação conforme necessidade assistencial e fechamento das associações internas que funcionam no hospital.

'Cenário crítico'

A Associação Hospitalar Vila Nova é uma das instituições que utilizam o Clínicas como referência em UTI. São 66 leitos clínicos de internação de média complexidade para tratamento contra o coronavírus, dos quais 63 estão ocupados com pacientes suspeitos ou confirmados com a doença.

Caso algum deles precise ser remanejado para o HCPA, para atendimento de urgência, pode encontrar dificuldades em encontrar leito disponível.

"O cenário é bastante crítico com a possibilidade de esgotamento no atendimento a pacientes e de desgaste dos nossos profissionais de saúde, diante da demanda excessiva nas últimas semanas”, afirma o presidente Dirceu Dal’Molin.

Segundo ele, o momento é crucial para que a população de Porto Alegre e da Região Metropolitana mantenha o isolamento social, evite o colapso do sistema de saúde e afaste a adoção de medidas de circulação ainda mais restritivas.

“Estamos fazendo este apelo aos cidadãos para que fiquem em casa e evitem o lockdown”, frisa Dal’Molin.

Santa Casa suspende transplantes por 15 dias

O Hospital Santa Casa Casa de Misericórdia, de Porto Alegre, suspendeu desde quinta-feira (16), por 15 dias, os transplantes na instituição. Serão mantidos apenas transplantes de urgência.

"Será importante para preservarmos os nossos profissionais e vermos nossa capacidade em termos de cuidado desses pacientes", destaca o diretor médico da Santa Casa, Antonio Kalil.

A previsão é que deixem de ser feitos de cinco a seis transplantes por semana no hospital. Segundo ele, desde o início do ano foram realizados 142 transplantes, contra 125 no mesmo período do ano passado.

A UTI de transplantes está com ocupação atual de 90%. Em relação à UTI Covid, dos 48 leitos, 46 estavam ocupados no dia da suspensão dos transplantes.

Deixar um comentário

MAIS NOTÍCIAS

FACEBOOK

NEWSLETTER

Informe seu e-mail e fique por dentro das nossas novidades!

Nacional Utilidades noticias

PREVISÃO TEMPO

HORÓSCOPO

COTAÇÃO AGRÍCOLA

INSTAGRAM

PODCASTS